BLOG OMMAR

Florianópolis recebe três certificações do Programa Bandeira Azul

Durante encontro do Grupo de Trabalho do Turismo Náutico, realizado pela Secretaria de Estado de Turismo, Florianópolis recebeu três certificações do Programa internacional de qualidade ambiental Bandeira Azul. O evento contou com a presença do ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, o presidente do GT Náutico de SC, Mané Ferrari, o prefeito em exercício de Florianópolis, João Batista Nunes, a coordenadora do Programa Bandeira Azul no Brasil, Liana Bernardes e demais autoridades.

Com início em 1987 na Europa, o Programa Bandeira Azul é uma certificação concedida anualmente pela FEE (Foundation for Environmental Education – Fundação para Educação Ambiental), com apoio de diversas instituições internacionais, às praias marítimas e fluviais e marinas que cumpram um conjunto de requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infra-estrutura de apoio, informação e educação ambiental. Ter a Bandeira Azul significa a garantia de qualidade de uma praia ou marina. 

A Lagoa do Peri recebeu a certificação pelo quarto ano consecutivo, junto com o Iate Clube de Santa Catarina Veleiros da Ilha e a operadora Água Viva Mergulho. O evento apresentou ainda duas iniciativas do governo federal para disciplinar a exploração de áreas litorâneas: o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro e o Projeto Orla. 

Para o período 2018/2019, o Júri internacional, reunido na Dinamarca, concedeu 15 certificações para o Brasil. Das nove praias nacionais certificadas, seis são catarinenses. Em entrevista para o jornal Notícias do Dia, o prefeito em exercício de Florianópolis, João Batista Nunes, ressaltou que conquistar a Bandeira Azul é um desafio para toda a cidade com compromisso ambiental e de sustentabilidade. O prefeito em exercício também destacou que tanto empresas públicas quanto privadas precisam ter o propósito da sustentabilidade, lembrando que a prefeitura de Florianópolis tem assumido as metas do Programa Lixo Zero, buscando dar o exemplo. 

Foto: Cristiano Andujar/PMF 

 

Publicado: 06 de Dezembro, 2018